Sentada aqui, no computador do quarto, olho em volta e não sei por onde começar. O certo, seria parar aqui e dar um jeito, uma solução.

Levantando os olhos, vejo um quadrinho de rosas em origami que preciso dar o destaque devido. Uma pintura em acrílico e  uma outra  desconstrução que também preciso pendurar.

Um envelope que fiz para embrulhar um presente que foi entregue em outra embalagem. Ele é grande e faz volume.

Olho pra esquerda e dou de cara com meu violão, no seu pedestal, de onde eu posso tirar e tocar sem me levantar daqui. O apoio para o pé, está ao alcance. Do pé.

Um pouco mais à esquerda, minha bagunça deste mês. Duas caixas organizadoras, grandes, com os novos brinquedinhos, que é como Magno chama meus acessórios para artesanato.

Daniele veio dos EUA e me trouxe as encomendas escolhidas a dedo. Incluíndo, dedais.

Tem placas para fazer texturas, e eu comprei então duas caixas de lápis de cor e cera, para incentivar os nenês.

Tem régua flexível, e ferrinho de passar as costurinhas de patchwork. (Não posso esquecer que é 110V e aqui, 220V)

Melhor deixar bem longe do alcance do Marcel, filho craque em queimar aparelhos de voltagem diferente da de casa….

Os acessórios precisam ser testados. Porisso, à essas caixas, estão duas outras, com papéis cortados e recortados para ver como fica. Tem corações de um milímetro.

Ah! Tem as petições para arquivar. Mas, falta concentração.

Então, decidi por onde começar, agora. Vou dormir mais cedo, porque amanhã é domingo, missa e piscina o foco escolhido.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s