Livro em Feltro com Led

  • Esta atividade faz parte da

    Ateliê Costura: cada ponto aumenta o conto – Criatividade e experimentação no universo da costura.

  • +A
Relembrar um passado sem energia elétrica, ou mesmo se lembrar daqueles que vivem ainda hoje sem ela, é o ponto de partida para uma atividade lúdica e reflexiva sobre a presença da tecnologia em nossas vidas.
Através de colagem e costura em feltro, as famílias são guiadas a reflexão: onde há luz além da luz? Essa reflexão busca valorizar elementos cotidianos para além dos estímulos da tecnologia ao qual a criança é exposta. Através de linhas de costuras condutivas ligadas à bateria, esses LEDs são acesos, revelando a luz própria de cada elemento/personagem.
Assim pais e filhos podem costurar em feltro uma realidade imaginada sobre a vida sem energia elétrica, que resulta em um pequeno livro eletrônico e artesanal para cada participante. Com Marcela Guerra – Coletivo Sítio do Astronauta.Espaço de Tecnologias e Artes
O trabalho está aqui: https://www.pinterest.com/verahl/livro-em-feltro-com-led/
A historinha contada no meu livrinho, basicamente é sobre a vinda de um bebê na família.
O exame positivo, a luz que virá, o quartinho preparado.
O nascimento do bebê, dar à luz, literalmente, e com o bebê no colo, sua mãe entoa cantigas de ninar.
O batizado, o nascimento pela água. Luz da vida. Jesus Cristo.
O aniversário e a magia das velinhas sendo sopradas.
A escola, e a luz do conhecimento.
A praia, com a luz do sol.
E o Natal, simbolizado pela árvore, brinquedos e a estrela que brilha.
Anúncios

Entendeu? Ou quer que eu desenhe?

Não é nenhuma novidade… mas, fiquei assustada com a quantidade de gordura, sódio e açúcar nos alimentos industrializados. Saber, saber ler as embalagens é uma coisa, visualizar os índices ali contidos, outra…..

IMG_0219 (2)
Num simples leite com achocolatado, caixinha pequena, o nível de açúcar é absurdo. Fora a gordura e o sódio. Quase um veneno…..
IMG_0224
De todos os exemplos o que mais me dói é a batata e o doritos…rs

Oficina de Estamparia Contemporânea – seda

Passo a passo

Demarcar no papel  a localização do vidro e do bastidor. 
Preparação da tinta com espessante.

Depositar as tintas preparadas e trabalhar com materiais diversos, tais como espátula, pincéis, palitos, dedos.

 

Depois de terminado o desenho, posicionar o bastidor e descer. (De uma vez e com fé….rsrsrsrs )

   
O desenho passando para a seda. 

 
A expressão de contentamento da Marilucia ficou uma graça.   

  
  
  
 Ainda poderia ser utilizado mais uma vez, ou trabalhado novamente no vidro.