Tradição aqui em casa: Bacalhau da D. Deise

Bacalhau, para mim, não precisa de muita coisa…. Posso comê-lo sem nenhum tempero, apenas aferventado. Imaginem então, com molho de alho , colorau e azeite. Acompanhado de batatas, ovos, vagem macarrão, cebolas cozidas na própria água em que ele foi passado. E, de quebra, um arroz com lentilhas e cebolas fritas até dourar. Pode ficar ruim?

Esta é a maneira que sempre comi na casa da minha sogra, que repetia a receita da D. Lucília, sogra dela.

Fácil de preparar, delicioso de comer. Não me lembrei da couve tronchuda, ou troncha… e desta vez, também não me lembrei das cebolas, mesmo cortando as que usei para o arroz e lentilhas…. sei não….

O bacalhau de ontem, foi este aqui:

Imagem

 

Necessário apenas aferventar:

Imagem

Aqui, prontinho para o ataque.

Imagem

Anúncios

Almoço rápido

Quase todos os dias, tomo café-da-manhã com Genny. E, invariavelmente trago alguma comida, o que deve parecer, para os porteiros do edifício, que Genny fornece marmita, ou que eu sou “ajudada” por ela…rs

Hoje trouxe um recheio de bacalhau.
Fiz novamente, um escondidinho.
O purê foi meu único trabalho.
Gratinei no microondas.
Não sobrou nada….

20130405-203244.jpg

20130405-203257.jpg