Boneca Tagarela….bom, poderia ser a Raquel, a Thais, eu, enfim, qq semelhança….

A proposta deste final de semana com feriado prolongado, foi esta aqui:

Fazer uma mudança.

Ir à missa.

Remar em comemoração ao Halloween.

Confeccionar uma boneca que fala.

Cuidar e passear com Murilo.

Até, agora, missão cumprida. E, comprida tb.

Demos muitas risadas com as bruxinhas e bruxinhos, companheiros de bruxarias.

Murilo, independente, do alto dos seus dois anos e oito meses, quer fazer tudo, ajudar em tudo, mexer em tudo.

A criação da boneca, segue moldes que podem ser adaptados livremente. Cabeça de um, corpo de outro, etc.

As roupinhas, retalhos, tecidos e aproveitamento.

Com Marcela Guerra – Coletivo Sítio do Astronauta.Espaço de Tecnologias e Artes

“A Oficina “Boneca Tagarela” consiste em uma atividade que os participantes são convidados a construir suas Bonecas. Porém entre panos e linhas surge um circuito integrado baseado em isd1820 com microfone embutido que pode gravar e reproduzir um áudio de até 10s. Surge assim uma Boneca Tagarela! ” https://www.facebook.com/media/set/?set=a.591969620953446.1073741836.537150776435331&type=3

Aqui, a prova: https://br.pinterest.com/verahl/feltro-felt-feutre-filz/

Dia dos professores – Oficina de estamparia contemporânea – com Marilucia Guilen

Ser habilidosa não é ser criativa, porisso, colocar em prática,  idéias, pensamentos, fatos, atos, em algo novo, é um desafio.

Ao menos, atendo a ele, desafio, e encaro, de frente. Como se pudéssemos encarar de costas….

E, isso acrescenta no meu dia-a-dia, o equilíbrio, ou a tentativa de me equilibrar, ou reequilibrar.

Basta um simples olhar para verificar que as pessoas estão mais violentas, agressivas e, se não prestarmos atenção a essa verdade, se não fizermos nada para estancar esses sentimentos, ficamos reféns da raiva, ciúme, mágoas, ressentimentos. Se meu tempo vai passando, impiedosamente, ao menos que eu o utilize da melhor maneira.

A energia criativa é uma realidade. Ela existe em nós e precisa ser extravasada. Ela pode gerar trabalhos lindos, aproveitamento de materiais descartados, roupas customizadas, comidas saudáveis e, muito prazer. O prazer de poder transformar um pedaço de pano, um fio de uma meada, um ingrediente. De olhar o produto final e se orgulhar dele.

Meu lema sempre foi: “Prefiro fazer à comprar”. Em contrapartida, os sentimentos de expansão, de transformação criativa, encontram também barreiras. Em nós mesmos. Para aprender é preciso estar disposto a sair do comodismo, a enfrentar as dificuldades, a aceitar os erros e a amar os resultados, independente deles….rs

Ensinar é ato de todos nós. Mas, tirar de um aluno um resultado criativo é obra de mestre.

Mesmo para os que pensam que nada sabem fazer, ou  ensinar. A energia criativa é uma troca.

Aproveitar as técnicas para obter peças únicas é saber agregar conhecimento, fazendo com que o resultado seja verdadeiramente uma arte.

Única. Mesmo que façamos uma série….

Então é isso. Hoje, aprendi bastante, sem ter feito quase nada. Vim pra casa com uma idéia pela metade e já sei, penso eu, no que ela vai se transformar. E, esperar a próxima aula, chega ser tortura…

Hoje, ao menos, lembramos de cantar parabéns para Marilúcia Guilen, nossa professora, criativa, disposta, disponível e paciente… pelo dia de hoje.

Então, tenha mais paciência, trabalhe sua criatividade, saia do comodismo, use sua energia para poder converter em vontade de transcendência, de transformação criativa.

Tudo e todos agradecerão: saúde, família, amigos.

. DSC03801 DSC03802 DSC03803 DSC03804 DSC03805 DSC03806 DSC03807 DSC03808 DSC03809 DSC03810 DSC03811 DSC03812

Lembranças, Memories, Souvenirs…

Advogada por essência, já que vivo defendendo quem nem me pediu… e me metendo onde nem fui chamada ainda…e arteira por inspiração…. mas bagunceira, por natureza….

Entre mil coisas guardadas, pastas, arquivinhos, caixinhas, encontrei, ontem, um telegrama que recebi no dia da minha formatura de Direito, dia 18/03/1993.

telegrama Zoraide e Custódio

Meus tios Zoraide e Custódio enviaram para mim, um texto muito bonito, que foi elaborado à quatro mãos: Tio Custódio e seu irmão, Benedito, Tio Bene.

Mais tarde, Tio Custódio me falou que Bene havia ficado chateado por não ter recebido meu convite, mas ele, o convite, estava lá, na casa de Santana, enquanto ele, o tio, estava na casa do Parque Petrópolis. E, que, ao verificar que tinha sido convidado, ligou para Custódio e ambos escreveram, por telefone, o telegrama enviado para mim. Não está assinado por Bene, mas sei que a inspiração foi dele também.

Como o texto, com o tempo, vai se apagando, escrevi por cima, enquanto ainda pude lê-lo.

Aqui, para a posteridade.

Camisetas- unindo técnicas. Aqui Shibori -makiage.

A proposta foi usar a técnica shibori-makiage.

Shibori-makiage – uma técnica milenar de tingimento com reserva de tecido baseada em costuras e amarrações. Ponto de partida para referência: formas de frutas brasileiras.

Levei duas camisetas. Uma, comprei para a aula e outra, já fez alguns aniversários e eu não usava faz tempo.

A minha fruta foi o umbu. Como é uma fruta pequena, de caroço grande, fiz um molde bem grosseiro de um umbu cortado ao meio.

http://viajeaqui.abril.com.br/materias/umbu-fruta-de-resistencia 

E, risquei a camiseta branca na barra, na lateral esquerda e dispus alguns umbus para alinhavar.

Abaixo, o varal com as criações da turma.

image
A vermelha é minha também. Fiz os alinhavos à volta da aplicação que já existia e Maria Cecília Herculano fez os outros alinhavos para mim. Ficou muito boa também.
image image image image image Continuar lendo “Camisetas- unindo técnicas. Aqui Shibori -makiage.”

As escolhas da Genny

Todo mundo conhece alguém que é difícil presentear. Particularmente acho que é difícil presentear qualquer pessoa, porque nem sempre temos cacife para agradar alguém e mesmo que digamos que o que vale é a lembrança, eu prefiro um Iphone, um perfume Dior, one or two… authentic Louis Vuitton handbags e por aí vai….

Genny é uma delas. Não tenho cacife….rs

Quando viajamos ela diz: Não me traga nada. Não quero tercinhos, chaveirinhos, hidratantes…rs etc… Ela é sincera, eu sei. Não quer mesmo que gastemos com ela.

Mas, pergunte o que ela pede para comprarmos para ela, se formos passar no Duty Free…. vai pensando que é Victoria’S Secret, vai… umas das últimas vezes, foi um Whisky. Dos bons….

E a última mesmo, foi uma  Absolut. Esclarecendo que, não foram presentes, mas encomendas dela, pagas in cash.

Aqui, no Rio Grande do Sul, em setembro/outubro 2014. Fondue regado a vinho.genny vinho

Dos caprichos da Genny…. continuação…

Elegância.

Genny nunca foi magra. Ou melhor, eu não me lembro dela magra. Também não é gorda. Como diria minha mãe, é cheiinha… ou a D. Benilde, mãe da Suely, viçosa…rs

Mas nunca a vi desarrumada. Sempre bem vestida. Sempre combinando a roupa, sapatos, os colares, os brincos. E não pense que a roupa é xingue lingue. Não é não. Boas marcas. Conjuntos impecáveis. Sapatos confortáveis, coloridos, na moda. Não é nenhuma louca gastadeira, mas não é mesquinha também.

Quero ver encontrar uma foto que não esteja sorrindo.

Segue pequena amostra para constatação.

Genny elegância

01e2fac994ca911fec3c9f1f8596baf2e8b829e585

Genny2

canela

Genny3

eleg a cadeira

Os caprichos da Genny .

Hoje, enquanto tomava meu café diário com Genny, conversávamos sobre o que tínhamos almoçado no dia anterior. Ela me contou então, que havia feito somente macarrão com molho vermelho. E que sobrou um pouco no prato e que ela o cobriu e deixou sobre a mesa para comer mais tarde.

Perguntei se não tinha medo que azedasse e ela disse que não.

Contou então, que gostava de comer assim, frio, o macarrão do almoço.

Antes de sair para a missa de sétimo dia de uma amiga dela, sentou-se e comeu o dito macarrão. Às 15h30…..

Contou rindo, dizendo que essa era uma mania sua. Então não resisti e vim contar aqui. Jô Soares come feijão gelado, com azeite, nas madrugadas… porque ela não poderia comer macarrão frio, no meio da tarde?

2015/07/img_0114.jpg

Obviamente, pedi permissão para publicar a lista de seus caprichos. Preparem-se…. A lista é grande…..