Curso de Histórias contadas com origamis – 3ª aula.

Mais uma aula deliciosa com Irene Tanabe no UmaPaz no Ibirapuera.

ImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagem

livro livro1 livro2 livro3 livro4 livro5 livro6 livro7 livro8 livro9 livro10 livro11 trevo 4 folhas trevo 4 folhas1 trevo 4 folhas2 by verahl trevo 4 folhas4 trevo 4 folhas5 trevo 4 folhas6 trevo 4 folhas7 trevo 4 folhas8 trevo 4 folhas9Depois desses origamis aqui, fizemos a divisão em 5 grupos e nos divertimos fazendo os origamis e contanto a história.

Fiz o papel de vovô da história abaixo:

O grande rabanete Tatiana Belinky

O grande rabanete
Tatiana Belinky
    Esta história que eu vou contar aconteceu lá na fazenda onde meu avô morava. Ele era um homem muito bom. Nas horas vagas ele cuidava da horta. Todos os anos, o vovô plantava muitos tipos de verduras. Ele gostava de uma em especial, o rabanete. Vocês gostam de rabanetes? Experimente com sal: É uma delicia!
    Um dia, o vovô saiu para a horta e plantou rabanetes. As sementes brotaram e um dos rabanetes cresceu, cresceu e ficou grandão…
     Ele quis arrancar o rabanete para comer no almoço, junto com toda sua família. Foi para a horta e começou a puxar o rabanete. Puxa – que – puxa e nada do rabanete sair da terra. Como estava difícil, o vovô chamou a vovó, que também gostava de rabanete para ajudar a puxar o rabanete. A vovó segurou no vovô e o vovô segurou no rabanete e… Puxa – que – puxa e nada do rabanete sair da terra.
    Minha vovó chamou então minha prima Lulú que estava passeando na fazenda para ajudar a puxar o rabanete. Lulú segurou na vovó, a vovó segurou no vovô e o vovô segurou no rabanete e… Puxa – que – puxa e nada do rabanete sair da terra.
    A Lulú chamou o Totó, seu cachorrinho, para ajudar a tirar o rabanete da terra. O Totó segurou na Lulú, a Lulú segurou na vovó, a vovó segurou no vovô e o vovô segurou no rabanete e… Puxa – que – puxa e nada do rabanete sair da terra.
    Totó chamou o gato que também era muito seu amigo para ajudar a puxar o rabanete. O gato segurou no Totó, o Totó segurou na Lulú, a Lulú segurou na vovó, que segurou no vovô que segurou no rabanete. E nada do rabanete sair.
    Então, o gato chamou o rato para ajudar a puxar, o rabanete. O rato segurou no gato, o gato segurou no Totó, que segurou na Lulú, que segurou na vovó, que segurou no vovô que segurou no rabanete e… Ploft! Finalmente conseguiram arrancar o rabanete da terra!
    Nesse momento, o rato que foi o último a ajudar falou: Eu sou o mais forte!
    Naquele dia, todos sentaram juntos no almoço e comeram o rabanete, que era tão grande que deu para todos e ainda sobrou um pouco para a minhoca que morava na horta e para todos nós que acabamos de ouvir esta história.
Mensagem: uma tarefa irrealizável por uma só pessoa torna –se possível com a colaboração de várias forças. 
Os outros grupos tiraram histórias mais difíceis de interpretar.
A nossa foi muito gostosa de fazer e o grupo conseguiu transmitir a mensagem da União faz a força.